Agenda do Curso

  • Geral

    METODOLOGIA

     

    De modo seletivo, o curso privilegiará a leitura direta e o análise das fontes primárias da tradição política do período especificado.  Por sua vez, mediante a bibliografia secundária procurar-se-á facilitar e aprofundar a compreensão de textos e autores iluminando os respectivos contextos de elaboração intelectual e promovendo a discussão sobre as diversas interpretações que todo clássico suscita.

     

    AVALIAÇÃO

     

    Poderão ser adotadas algumas das seguintes modalidades de avaliação, as quais serão definidas no início do semestre conforme as condições em que deverão ser ministrados os conteúdos do programa da disciplina e as características das turmas:

     

    a) Trabalho escrito.

    b) Prova dissertativa.

    c) Prova oral.

    d) Exercícios escritos.

    c) Participação oral individual e/ou grupal (debates, exposições, seminários).

     

    Observação sobre a aprovação, a prova de recuperação e a prova substitutiva:  Para ter direito à aprovação ou à recuperação integral da disciplina, o aluno deverá cumprir obrigatoriamente com todas as instâncias de avaliação estabelecidas no começo do curso.  Nesse respeito, salienta-se que o aluno só poderá realizar uma única prova substitutiva, de caráter parcial, exclusivamente referida a uma das avaliações aplicadas durante o semestre.

    PROGRAMA

     

    1. Modos da reflexão política: pensamento político, filosofia política e teoria política; filosofia e história; teoria e prática.
    2. Platão: a filosofia política no contexto da pólis.
    3. Aristóteles: culminação e exceção da cosmovisão grega.
    4. Cícero, a experiência romana e a república.
    5.  O pensamento político medieval e a tensão entre o poder terreno e o poder religioso (Santo Agostinho, Santo Tomás de Aquino e Marsílio de Pádua).
    6. Humanismo e utopia em Tomás Moro.
    7. As idéias políticas da Reforma em Martinho Lutero.
    8. Continuidade e ruptura na teoria política de Maquiavel.
  • 27 fevereiro - 4 março

    1ª. aula (27/02 e 01/03): Apresentação da disciplina.

    Sentidos do estudo da teoria política clássica.

    • 5 março - 11 março

      Unidade I. A emergência da pólis e da filosofia política em Grécia

       

      2ª. aula (05/03 e 08/03). A Justiça como virtude fundamental da cidade.

      Leitura: Kitto, H. D. F., Gregos, Coimbra, Armenio Amado, 1960, cap. V; Guthrie, W. K. C., Los filósofos griegos.  De Tales a Aristóteles, México, Fondo de Cultura Económica, 1967, cap. I; Platão, República, L. I, II, III e IV.

      • 12 março - 18 março

        3ª. aula (12/03 e 15/03). O fundamento eidético da melhor forma de governo.

        Leitura: Platão, República, L. V, VI, VII, VIII, IX e X.

        • 19 março - 25 março

          4a. aula (19/03 e 22/03).  Crítica e interpretação da República e do projeto político platônico.

          Leitura: Platão, República (leitura global para encerramento).

        • 26 março - 1 abril

          5a. aula (26/03 e 29/03).  O princípios da política, a crítica a Platão e a teoria da constituição.

          Leitura: Aristóteles, Política, L.I (caps. 1-7); L. II (caps. 1-5 e 9), III.  Livros opcionais de leitura recomendada: I (caps. 8-13); II (caps. 6-8 e 10-12).

          • 2 abril - 8 abril

            Não haverá aula.

            • 9 abril - 15 abril

              8a. aula (09/04 e 0212/04).  As formas políticas, a mudança política e a democracia.

              Leitura: Aristóteles, Política, L. IV e V.  Livros opcionais: VI, VII e VIII.

              • 16 abril - 22 abril

                Unidade II. Roma e a matriz republicana

                 

                8a. aula (09/04 e 0212/04).  O conceito de res pública e o iusnaturalismo antigo

                Leitura: Cícero, Da República.  Leitura opcional recomendada: Das Leis.

                • 23 abril - 29 abril

                  9a. aula (16/04 e 19/04).  A redefinição da república e o cristianismo.  

                  Leitura: Agostinho de Hipona, A Cidade de Deus, L. XIX.  Livros opcionais de leitura recomendada: I e V.

                  • 30 abril - 6 maio

                    Não haverá aula.

                    • 7 maio - 13 maio

                      10ª. aula (23/04 e 26/04).  Primeira Prova em sala de aula com consulta bibliográfica.

                      • 14 maio - 20 maio

                        Unidade III.  Império, papado e aristotelismo durante o Medievo

                         

                        11a. aula (14/05 e 17/05).  Política, teologia e o ressurgimento cívico dos séculos XII e XIII.

                        Leituras: Ullmann, Walter, Historia del pensamiento político en la Edad Media, caps. 6 e 7; Tomás de Aquino, De la monarquía, L. I.

                        • 21 maio - 27 maio

                          12a. aula (21/05 e 24/05).  Conciliarismo e naturalismo.

                          Leitura: Marsílio de Pádua, O defensor da paz, Parte III.  Leitura recomendada: Parte I.

                          • 28 maio - 3 junho

                            (Não haverá aula.)

                            • 4 junho - 10 junho

                              (Não haverá aula.)

                              • 11 junho - 17 junho

                                13a. aula (11/06 e 14/06).  Humanismo cristão, crítica e transformação.  O problema da autoridade e da obediência.

                                Leituras: Morus, Thomas, Utopia; Lutero, Martinho, Sobre a autoridade secular.

                                 

                              • 18 junho - 24 junho

                                14a. aula(18/06 e 21/06).  Humanismo cristão, crítica e transformação.  O problema da autoridade e da obediência.

                                Leituras: Morus, Thomas, Utopia; Lutero, Martinho, Sobre a autoridade secular.

                                • 25 junho - 1 julho

                                  15a. aula (25/06 e 28/06).  Entrega Segunda Prova: Trabalho escrito.  (Os cursantes do noturno devem entregar o trabalho na primeira data e os cursantes do vespertino, na segunda.)

                                                                             Aula de encerramento: A tradição clássica, a Renascença e o humanismo cívico: uma nova racionalidade política?

                                  Leituras: Maquiavel, O Príncipe; Comentários à primeira década de Tito Lívio (seleção).

                                  Seleção bibliográfica:

                                  • O Príncipe: 1-10, 15, 17, 18, 19, 25 e 26.
                                  • Discorsi: L. I (1-6, 16-18, 25, 26, 32, 42 e 47), L. II (2) e L. III (1 e 34).


                                  • 2 julho - 8 julho

                                    PROVA SUBSTITUTIVA: 05/07/2012 - 19.30 hs.

                                    • 9 julho - 15 julho

                                      PROVA DE RECUPERAÇÃO: 13/07/2012 - 19.30 hs.

                                       

                                      Saltar Pesquisar nos FórunsSaltar Próximos eventosSaltar Atividade recente

                                      Você acessou como visitante (Acesso)

                                      Idealização

                                      Realização

                                      Realização

                                      Realização


                                      Tema original por Shaun Daubney